Receita de Moda

Receita de Moda O experiente fotógrafo Danilo Russo ensina diversas formas de iluminação na fotografia de moda em ambiente externo, locação e em estúdio. Por Tales Azzi, publicado na revista Fotografe Melhor. Na fotografia de moda a iluminação tem uma função maior do que apenas mostrar a modelo e a roupa: serve para criar “clima” que o fotógrafo pretender dar ao ensaio. Por isso, antes de decidir a iluminação, é preciso pensar na “ideia” do trabalho (o briefing). Na forma de trabalhar a luz é possível, por exemplo, criar uma atmosfera de felicidade, de sensualidade, de aconchego, de agustia… O que não é uma tarefa complicada de ser feita com um pouco de sensibilidade, explica o fotógrafo de moda Danilo Russo. “A solução de iluminação é geralmente simples, aproveitando a luz natural e a iluminação de ambientes internos”, diz; Russo ensina que um ambiente de felicidade, por exemplo, pode ser criado em externas ou interiores muito iluminados, com grandes janelas, cores claras e sombras bem suaves. A sensação de aconchego pode se produzida em um ambiente interno, com uma luz em ângulo de 45º e que chega baixa, simulando a iluminação de um abajur, com um fundo um pouco mais escuro e com tonalidade quente criada por luz de tungstênio.. Já um sentimento de angústia surge com uma luz fria, muito difusa, de cima para baixo, criando sombras embaixo dos olhos da modelo e com uma sombra de parede ou de uma grade projetada no fundo. As cores das roupas e do cenário, a produção, a maquiagem e a atitude da modelo são os outros recursos dos quais o fotógrafo dispõe para... Leia Mais

Quer mais cursos e dicas de fotografia?